Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

sábado, 9 de dezembro de 2017



A veterinária Fernanda Mathias confirmou, nesta sexta-feira, a portal aRede e ao Jornal da Manhã, a decisão de retirar o porco Stiven de sua residência. Ela tomou essa decisão por dois motivos: por uma questão de segurança e por conta do recesso da Câmara de Vereadores. ‘Ele vai voltar para o criadouro em São Roque’, salienta.

O drama de Fernanda começou mês passado quando recebeu notificação da Zoonoses de Ponta Grossa para retirar o animal de sua casa. A data limite é 27 de dezembro. O assunto teve grande repercussão na cidade.

A notificação aconteceu no dia 27 de novembro e tem como base a lei municipal 9.019/2007 de autoria do vereador George de Oliveira (PMN). O artigo 26 da legislação em vigor rege que: “É proibida a criação e manutenção de animais da espécie suína, em zona urbana”. Foi com base nesse trecho da legislação que a dona de Steven foi notificada pela Prefeitura e, caso descumpra a determinação, pode ser multada em até R$ 750 além da possibilidade de apreensão do animal.

A veterinária foi procurada pelos vereadores George e Geraldo Stocco. Os dois se prontificaram a alterar a lei para ajudá-la. ‘O problema é que com o recesso nada será feito neste ano. Vou esperar pelo ano que vem’, comenta Fernanda.

Mas, o recesso não é a principal razão de a veterinária retirar Stiven de sua residência. Ela teme pela segurança do animal. ‘Eu tenho medo que o envenenem’, explica. Fernanda não esconde a frustração pelos acontecimentos. ‘A tristeza é grande’, finaliza

fonte a rede 


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com