Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

O ser humano é mesmo um animal imprevisível, capaz de surpreender. Tanto para o bem quanto para o mal, como vemos e lemos por aí, diariamente. E a história que está viralizando em Guarapuava, desde a madrugada desta segunda (09), nos mostra isso. E vem acompanhada de um ingrediente nobre, virtude de poucos: o arrependimento. Com pitadas generosas de fé.
No último sábado (07), por volta das 20h, o técnico de informática Thiago Sene saiu para entregar o notebook de um cliente na rua Barão do Rio Branco, no Centro de Guarapuava. Chegando lá, como era “jogo rápido”, Thiago estacionou seu Vectra, de cor branca, em frente ao local, deixando a chave na ignição. Em questão de minutos, levaram o veículo - conquistado com muito trabalho e sacrifício.
Desespero, claro. Thiago e o cliente - o dentista e professor Oscar Klüppel - saíram para ver se conseguiam avistar o veículo em fuga, mas nada. Nem sinal do Vectra, e assim a polícia foi acionada. Cleviane Sene, esposa do Thiago, estava trabalhando num evento no Vitri e foi avisada pelo marido. Muito nervosa, Cleviane foi liberada pela responsável, que também é sua amiga, e dela ouviu que “Deus não a abandonaria”. Chegando na casa do dentista, onde o marido a esperava, ali mesmo ela emprestou o sinal de wi-fi e divulgou em vários grupos que o automóvel havia sido roubado. Então, os dois resolveram “rodar” pela cidade para ver se talvez encontravam o carro abandonado em algum bairro mais afastado.
Depois de quase duas horas passando por diversos locais e já desistindo da “empreitada”, o casal está passando em frente à loja Havan e para surpresa dos dois, lá estava o Vectra. No estacionamento da loja. De frustração a alívio num raio, nem eles acreditavam que haviam encontrado o automóvel. Mas a chave não estava na ignição. Ligaram então para um chaveiro, já que o guincho da PM não estava na cidade. O pior então havia passado, já que o veículo estava de novo em posse deles. Apesar de vários pertences que estavam no interior do veículo terem sido levados, o domingo seria menos pesado. E foi, segundo Cleviane, em conversa via telefone com este repórter.
Mas para surpresa e espanto, uma ligação a cobrar feita de um telefone fixo à 1h40 da madrugada desta segunda feira, mexeu com a fé do casal, no melhor sentido. Thiago Sene retornou a ligação e como escreveu Cleviane na postagem que até às 14h30 desta tarde já alcança mais de 2.000 reações: “Adivinhe quem era?”
Exatamente. O próprio. O rapaz que havia levado o automóvel na noite de sábado. “Eu queria perdão pelo que eu fiz”, disse a voz do outro lado da linha. Segundo o texto de Cleviane, “o rapaz não se identificou, porém pediu perdão e chorou muito”. Ainda segundo a moça, o rapaz falou que estava arrependido e que havia deixado a chave escondida dentro do carro e que, as coisas que tinha roubado, estavam dentro de uma sacola na frente da casa onde ele havia levado o carro.
Chegando na frente da casa do dentista, por volta das 2h, eles encontraram a sacola embaixo de uma arvorezinha com todos os pertences, como mostra a foto abaixo, além de uma carta.
E já não bastasse a atitude do rapaz, a carta mexe com os sentimentos de quem ainda acredita que o ser humano pode sim, se arrepender sinceramente e agir diferente. Escrita em bom português e em boa caligrafia, as palavras do rapaz fazem pensar em inúmeras questões. Principalmente se levaremos em consideração certos absurdos proferidos nas redes sociais.
“Vou começar pedindo que vocês possam me perdoar. Vi que vocês são evangélicos da Metodista. Eu também era. Minha vida era tranquila e eu tinha paz, tinha emprego, tinha tudo que eu precisava. Mas me separei de Deus e minha vida virou de cabeça pra baixo. Comecei a beber, perdi meu bebê, bati o carro, perdi o emprego e minha mulher quer me deixar”.
Fica nítido o desespero desse cidadão. Não justificando, mas o que ele escreve é típico de alguém desesperado, prestes a cometer uma besteira. E foi o que aconteceu no momento que ele viu a chave na ignição do carro estacionado naquela rua e nem ninguém por perto.
O texto continua. “Não justifica o que eu fiz, o mal que eu causei a vocês. Mas sinto muito. É o que eu posso dizer agora, além de devolver o bem de vocês. Me perdoem!! (Vou buscar a Deus).
A carta tocou o coração do casal Sene. “Parece coisa de cinema, não? Mas não é. Tenho certeza que é o Espírito Santo tocando o coração deste jovem. Cleviane continua: “Estou assustada, comovida sei lá. Quem deve julgar é somente Deus”.

A fé dessa moça também é tocante, assim como o arrependimento do rapaz. E ela vai mais além: “E como ele falou no final da carta que vai buscar a Deus, espero de coração que você encontre este Deus magnífico ao qual eu sirvo e se liberte desta vida! Saiba que apesar de todas as dificuldades se você buscar a Ele, o fardo será mais leve! Eu e minha família vamos estar orando por você. Que Deus o abençoe!”
Dona de uma fé invejável, Cleviane trabalha no Colégio Adventista e congrega também ana Igreja Adventista. E para surpresa de uma grande maioria, a moça faz um apelo para que o rapaz entre novamente em contato com ela, já que ela, a família e a Igreja querem ajudá-lo (ele e sua família) espiritualmente e financeiramente. “Errar é humano, mas arrepender-se é para poucos”, disse ela. “Caráter não tem preço e queremos ajudá-lo a superar essas dificuldades. Se ele entrar em contato, ele que fique tranquilo. Eu e minha a família vamos ficar no maior sigilo. Não vou divulgar e nem falar da imagem dele”, garante Cleviane.
“Ninguém explica Deus. É a maior certeza que eu tenho”, finaliza ela.
Realmente, o ser humano é mesmo um animal imprevisível, capaz de surpreender.
fonte REDESUL


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com