Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017



Combater os focos do mosquito aedes aegypti é função de toda a sociedade. Isso porque, o mosquito se prolifera em qualquer recipiente com água acumulada, especialmente em áreas residenciais. Os locais mais propícios são potes de água de animais, depósito de água das geladeiras, vasos de plantas, caixas d’água, pneus e até mesmo em pedaços de plástico jogados no quintal. Por este motivo, a Prefeitura de Guarapuava, em parceria com a 5ª Regional de Saúde, Exército, Defesa Civil e entidades do município, estão se preparando para intensificar as ações de conscientização e educação da população. “Estamos preocupados com uma possível epidemia das doenças transmitidas pelo mosquito. Precisamos agir todos os dias e eliminar os focos do aedes aegytpi de nossa cidade”, destacou a Secretária de Saúde, Renata Brito Araújo.
Nessa sexta-feira (27), foi realizada uma reunião para traçar metas de combate ao mosquito. Durante o encontro, ficou definido o dia 7 de fevereiro para acontecer um grande mutirão nos bairros Vila Carli, Industrial, Conradinho, São Cristóvão, Bonsucesso e Primavera. “Encontramos vários focos do mosquito nesses bairros durante o ano de 2016. Vamos começar as ações intensificando a conscientização da população dos bairros mais críticos, mas queremos que todos os guarapuavanos fiquem atentos com o mosquito. Todo cuidado é fundamental para preservar a vida da população”, completou a Diretora da Vigilância Epidemiológica, Chayane Andrade.
Além da dengue, o aedes aegytpi também transmite a febre amarela, zika vírus e a chikungunya. “O mês de janeiro foi chuvoso e quente, o que é favorável para a proliferação do mosquito. Precisamos o envolvimento de toda a população para acabar com os focos. Esta não é mais uma realidade longe de nosso município, mas algo preocupante”, finalizou a Secretária.


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com