Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017



Da RedeSul – O prefeito Odir Gotardo (PT) definiu na noite dessa terça feira (17), em reunião com vereadores e estudantes universitários, que o Município irá cobrar o transporte dos acadêmicos que se deslocam para outros municípios para estudar.
Na avaliação do prefeito, o transporte gratuito está onerando os cofres municipais e os recursos destinados aos universitários devem ser direcionados a outros setores. Na proposta de Odir, a administração municipal irá subsidiar em 50% o valor do transporte e os outros 50% deverão ser pagos pelos estudantes. Os valores totais de cada acadêmico mensalmente giram em torno de R$ 160,00 a R$ 170,00, sendo que o subsídio do Município deve ficar em cerca de R$ 88,00 mensais.
Durante o encontro dessa terça, na Câmara de Vereadores, os estudantes se manifestaram e enfatizaram que o transporte gratuito é um direito adquirido e que era fornecido em administrações anteriores. Na Câmara, o prefeito conta com o apoio de apenas três vereadores.
Na avaliação do vereador Rodrigo Dellê Lima (PPS), manter o transporte universitário gratuito não significa de nenhuma forma que faltarão investimentos na Saúde, seja na aquisição de remédios, marcação de exames, ou outros encaminhamentos. “Muito menos na conservação de estradas e investimentos na Educação de qualquer espécie, pois num universo de R$ 85 milhões anuais, incrementado recentemente com mais R$ 1,3 milhão transferido pelo Governo do Estado (ICMS), o maior orçamento da história de Pinhão, o subsídio aos universitários não interfere na condução da máquina administrativa”, enfatiza Rodrigo Dellê.
Na avaliação do vereador, investir nos universitários é assegurar uma oportunidade de futuro aos jovens acadêmicos. “Estamos com mais de 700 jovens se qualificando em faculdades e universidades que irão atuar em todas as áreas supracitadas com maestria, desde q sejam respeitados. O que deve cessar é essa demagogia política que circula nas redes sociais. Demagogia não espelha a realidade. O orçamento está aí e deve ser cumprido”, conclui o vereador.


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com