Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016



O advogado curitibano Emerson Fukushima, membro do Conselho Federal da OAB, à luz das delações da empreiteira Odebrecht, nesta sexta (9), pediu o “impeachment já” do ilegítimo Michel Temer (PMDB).

O presidente nacional da OAB Claudio Lamachia disse que é fundamental o esclarecimento do recebimento de propina inclusive pelo presidente da República.
“Se necessário, a OAB usará de suas prerrogativas constitucionais para fazer valer os interesses da cidadania”, ameaçou Lamachia.
Se a Ordem dos Advogados do Brasil levar à cabo mais um pedido de impeachment, protocolando-o na Câmara, tal ato poderia ser visto como um arrependimento tardio – mas um arrependimento, um mea culpa, pela participação no golpe de Estado que alçou Temer ao poder.
Portanto, a iniciativa do advogado Fukushima pode se transformar numa tentativa de a OAB “limpar a barra” com os advogados brasileiros que enxergaram a entidade participando de um golpe contra Dilma Rousseff (PT), no começo deste ano, haja vista que a presidente eleita era uma honesta e honrada.
Ou a OAB, para não perder o cacoete, quer se redimir da cagada dando mais um “golpezinho” para ajudar os tucanos?


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com