Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

terça-feira, 27 de dezembro de 2016



Sob efeito de álcool, um motorista de ônibus que transportava 31 passageiros teve o direito de dirigir suspenso por um ano e recebeu uma multa de R$ 2.934,70. No posto policial, em Apucarana, no norte do Paraná, ele chegou a dormir enquanto a ocorrência era registrada.

O motorista, de 34 anos, foi punido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na madrugada desta segunda-feira (26), na BR-376. Ele só não foi preso porque o teste do bafômetro detectou 0,16 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. O resultado não atingiu o nível que é considerado crime, a partir de 0,34 mg/l.
A polícia chegou até o motorista porque um passageiro fez uma denúncia informando que o motorista mostrava sinais de embriaguez. Então, na rodovia, os policiais abordaram o veículo que saiu de Londrina, também no norte do estado, para Curitiba.
Durante a abordagem policial, foi verificado que o motorista realmente apresentava sinais evidentes de embriaguez, como roupas desarrumadas, fala pastosa e olhos vermelhos. Ao ser submetido ao teste do bafômetro, a polícia teve a confirmação.
Por causa disso, a Viação Garcia, empresa responsável pelo ônibus, foi acionada para fazer a troca do profissional. O novo motorista foi submetido ao teste e liberado para seguir viagem até Curitiba.
Caso continuasse o trajeto, segundo a polícia, o primeiro motorista passaria por trechos de serra até chegar em Curitiba, como a Serra do Cadeado, na região de Mauá da Serra, no norte paranaense, local com grande índice de acidentes e tombamento de veículos.

Por meio de nota, a Viação Garcia informou ao G1 que, antes de todas as viagens, os motoristas da empresa são submetidos ao teste do bafômetro em equipamento certificado. Veja a nota abaixo.

Ainda segundo a nota, o motorista citado na reportagem fez o teste do bafômetro antes da viagem e o resultado não acusou consumo de álcool. "A empresa tem o resultado que comprova que, na hora do teste, o motorista estava em perfeitas condições de conduzir o ônibus", informa.

Além disso, a Viação Garcia informou que o motorista já foi suspenso de suas funções e que a empresa estuda outros mecanismos de segurança para evitar novos casos como semelhantes.
Veja a íntegra da nota da empresa:
"Em relação à notícia sobre o motorista que foi flagrado dirigindo sob efeito de álcool na linha Londrina - Curitiba na madrugada de hoje (26/12/2016), a Viação Garcia esclarece que:
- Todos os motoristas da empresa antes de embarcar em viagem, não importa a distância do percurso, são submetidos ao teste do bafômetro em equipamento certificado e em pleno funcionamento.
- O motorista citado na notícia passou pelo teste do bafômetro e não acusou nenhum sinal de embriaguez. A empresa tem o resultado que comprova que, na hora do teste, o motorista estava em perfeitas condições de conduzir o ônibus.
- A empresa ainda está averiguando como e onde o motorista ingeriu bebida alcoólica após passar pelo teste do bafômetro.
- A Viação Garcia repudia totalmente a atitude irresponsável do referido motorista, que já foi suspenso de todas as suas funções.
- A Viação Garcia reafirma o compromisso de zelar pela segurança de todos os clientes que escolhem a empresa pela credibilidade e qualidade de seus serviços.
Para isso, já está estudando outros mecanismos de segurança para prevenir situações como essas."
Fonte:G1


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com