Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016


Os alimentos voltaram a ficar mais baratos em novembro e deram a maior contribuição para conter a inflação do mês. A queda nos preços de Alimentação e bebidas foi de 0,20%, o equivalente a um impacto negativo de 0,05 ponto porcentual para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou novembro com alta de 0,18%, informou nesta sexta-feira (9) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi o menor índice para o mês desde 1998 e indica que o Banco Central deve acelerar a redução dos juros a partir de janeiro. Em 12 meses, o IPCA está em 6,99%.
O preço do leite longa vida recuou 7,03%, item de maior impacto negativo no IPCA, -0,08 ponto porcentual. As famílias também pagaram menos por feijão-carioca (-17,52%), tomate (-15,15%) e batata inglesa (-8,28%) no mês.
Fonte:Gazetadopovo


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com