Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

terça-feira, 8 de novembro de 2016



Dois guarapuavanos se destacaram no 50º Campeonato Brasileiro de Verão de Tênis de Mesa, realizado em Chapecó (SC), entre os dias 1º e 6 de novembro (de terça a domingo). Welder Knaf (classe 3) e Eziquiel Babes (4) foram campeões em disputas individuas de suas respectivas categorias paralímpicas, faturando medalhas de ouro.
Além deles, mais quatro atletas bolsistas do Talento Olímpico do Paraná (TOP) alcançaram o lugar mais alto do pódio: Claudiomiro Segatto (5), Maria Luiza Passos (5), Ana Paula Sartoretto (11) e Juliano Miranda (11).
Com os excelentes resultados dos atletas do estado, a Associação de Deficientes Físicos do Paraná (ADFP) também venceu o Troféu Eficiência Paralímpico, somando 5.600 pontos, contra 5.040 da instituição segunda colocada, de São Paulo. A Apae de Francisco Beltrão completou o pódio por equipes, com 3.120 pontos.
A classificação funcional no tênis de mesa paralímpico vai de 1 a 11, sendo as classes 1 a 5 para cadeirantes, 6 a 10 para andantes e a 11 para deficientes intelectuais. Considera-se o menor número para os atletas com maior dificuldade de movimentação.
O secretário estadual do Esporte e do Turismo, Douglas Fabrício, ressaltou o protagonismo do paradesporto paranaense em competições nacionais e internacionais, ao afirmar que entre os medalhistas estão campeões de outras importantes competições, como os Jogos Parapan-Americanos, caso do Claudiomiro Segatto, por exemplo, tricampeão individual, e do Welder Knaf, também campeão do Parapan e prata na Paralimpíada 2008.
“Esses resultados apenas comprovam que o TOP, criado pelo governador Beto Richa em 2011, tem auxiliado consideravelmente a melhora do desempenho de nossos atletas”, disse o secretário, por meio da AEN.
“A gente já vinha numa preparação muito forte. Depois do Rio (Paralimpíadas 2016) não paramos com os treinamentos e conseguimos chegar bem preparados. Perdemos por equipe para o Ceará, mas no individual fui campeão mais uma vez sem perder nenhum set”, comemorou Segatto, também eleito o melhor atleta do tênis de mesa do ano pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa. O atleta também destacou o papel do TOP nos resultados. “O TOP é fundamental, a gente consegue se preparar melhor, adquirir material de melhor qualidade, e aí os resultados vêm”, afirmou.
DESTAQUE
Em setembro, durante homenagem aos atletas e paratletas que participaram da Rio 2016, o governador Beto Richa já havia destacado o desempenho dos esportistas paranaenses beneficiados pelo TOP. “Vamos continuar. Não vamos deixar morrer esse programa, que é um sucesso. E se tudo correr bem vamos ampliar os incentivos”, afirmou Richa.
FUTURO
Vale destacar ainda a participação de três jovens promessas do esporte paranaense, todos bolsistas TOP, na disputa individual das categorias olímpicas: Daniela Yano, Ana Bonsere e Joon Shim. Ana e Joon Shim foram medalha de prata na Categoria Mirim. Daniela conquistou o bronze na Categoria Juvenil.
Fonte:CorreiodoCidadão


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com