Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

quinta-feira, 6 de outubro de 2016



Há uma semana, um agricultor de Ivaí, na região dos Campos Gerais do Paraná, viveu um sufoco. Manoel Mann de Moura sofreu um acidente gravíssimo com uma colheitadeira em uma estrada rural. Quem viu o estado em que a máquina ficou, na quinta-feira (29), quase não acreditou que ele saiu praticamente ileso.
Para ele, a nova chance é um presente de Nossa Senhora Aparecida, que estava em uma foto presa no vidro da cabine. "Na hora em que ela caiu no chão, a foto caiu em cima de mim. Foi um milagre, né? Muitas pessoas que olham a máquina tombada não acreditam que saiu alguém vivo", conta.
A colheitadeira ainda está no local, só foi destombada. Antes do acidente, Manoel seguia por uma estrada da localidade de Linha Silvino Farias, em Ivaí, a 100 quilômetros de Ponta Grossa; a família vinha em um carro atrás, todo mundo devagar.
No entanto, ao passar por um trecho de descida, a máquina ficou sem freio e disparou. Com medo de atingir casas, o agricultou jogou a colheitadeira no barranco. Ela tombou duas vezes até parar com as rodas para cima e a cabine praticamente esmagada no chão da estrada.
A colheitadeira pesa cerca de seis toneladas. Ou seja, na hora do acidente, todo esse peso pressionava a cabine onde o Manoel estava. Como o socorro mais próximo fica a 25 quilômetros do local, o pai e a esposa dele correram pedir ajuda aos moradores da região.
Vários vizinhos foram ajudar e, usando uma barra de ferro, eles conseguiram tirar Manoel das ferragens até a ambulância chegar.
"Quando a gente chegou aqui, pelo estado da máquina, não tinha como ele ter ficado vivo. Ele ficou prensado. Se tivesse caído mais para baixo da cabine, tinha sido esmagado pela máquina", relata o agricultor Anderson Rebinski.
Do acidente, Manoel saiu com um dedo da mão amputado e um corte leve na cabeça. Ferimentos que, para quem viu de perto o acidente, se resumem a um milage. "Nossa Senhora e a nossa ajuda salvaram a vida dele. Foi um milagre mesmo", acredita o pai de Manoel, José Mann de Moura.
"Ainda bem que saí com vida. Máquina a gente compra outra. A vida é uma só que a gente tem", diz Manoel.
Fonte:G1


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com