Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

terça-feira, 12 de julho de 2016


A pouco mais de dois meses para as eleições municipais, os partidos seguem com as articulações nos bastidores, visando oficializar os melhores caminhos na corrida que se aproxima. Convenções e registro das candidaturas estão ainda mais próximos, visto que o término do prazo alcançará o mês de agosto.
Deste modo, o eleitor guarpauavano segue atento em tal movimentação, no intuito de acatar aquele que considera como o melhor projeto político para os próximos quatro anos. Neste cenário, dois partidos apresentam grande afinidade e provavelmente vão confirmar coligação para a proporcional.
Trata-se do PRB e PSL, comandados no âmbito local por Luis Carlos Paiola, o Ligeirinho; e Adir Zanovello, respectivamente. Ambos visitaram a redação do CORREIO e realizaram o anúncio. “Conversas acontecem há cerca de oito meses, finalizando em um consenso. A última reunião ocorreu neste mês. Estamos com uma pré-coligação acertada, que deverá ser confirmada no momento certo”, destacou Ligeirinho.
A oficialização de candidaturas será durante o período das convenções partidárias, marcadas para 20 de julho a 05 de agosto, algo que possibilita a alteração neste panorama. Entretanto, os citados acreditam que o rumo é pela definição citada. “Muito difícil não se concretizar. Apenas se houver desistência em alguma das partes. Este não é o pensamento dos dois grupos”, reforçou Zanovello, lembrando que as siglas farão convenções individuais e em datas separadas.
A provável chapa englobará 32 nomes, sendo 26 do Partido Republicano Brasileiro (19 homens e sete mulheres), bem como seis do Partido Social Liberal (mesma quantia entre homens e mulheres). Além disso, o mais provável é que uma terceira legenda não faça parte ‘deste time’. Na lista de pré-candidatos a vereador figuram Jabur do Motocross (que buscará a reeleição); Ivani Prado e Agesildo de Oliveira Martins, o Tizil (todos do PRB), além de Zanovello. As lideranças preferiram não repassar outros nomes.
AVALIAÇÃO
Adir acredita que a chapa ultrapassará os 10 mil votos. “Para os dois partidos ficou interessante. Estamos em processo constante de reestruturação do PSL. Na última eleição, a legenda obteve cerca de 360 votos, com quatro candidatos. Sairemos com um número maior e todos os atuais pré-candidatos apresentam força para ampliar este montante”, destacou Zanovello. Paiola complementa que a meta é fechar entre três a quatro cadeiras no Legislativo.
Já na majoritária, o indicativo é pelo apoio das siglas para a consolidação do segundo mandato de Cesar Filho, mas Ligeirinho reforça que ainda se vive um período de conversação. “O PRB pode alterar os rumos de uma eleição, pois possui fortes candidatos. Estamos fortalecidos pelas experiências nos dois últimos pleitos, os únicos que participamos. Aguardamos uma resposta do prefeito”, disse.
Como apontado pela Justiça Eleitoral, uma sigla que esteja coligada a outro/s na majoritária, pode indicar candidatos isoladamente na proporcional. Da mesma forma, as que estejam coligadas a outras na proporcional também podem apontar candidatos isolados na majoritária. Vale lembrar que, em 2012, tais legendas participaram do ‘time’ que elegeu o atual chefe do Poder Executivo.
Na corrida por cadeiras na Câmara, o PRB integrou grupo com o PRTB e PSB, apresentando 12 candidatos. Já o PSL esteve junto ao PDT e PR. Na época, Adir Zanovello participou do pleito pelo PSD.
ELEIÇÕES
A eleição municipal contará com mudanças, como a diminuição no tempo da campanha – 90 para 45 dias; bem como teto para gastos públicos. Ligeirinho crê que os postulantes deverão ser extremamente proativos para conquistarem êxito.
“Acredito que apresentará muitas surpresas. Até então, os candidatos colocavam placas, bandeiras e propaganda em todos os bairros. Atualmente, aqueles que vão participar da corrida por cadeiras na Câmara precisarão ir até o cidadão e pedir o voto. Colocar a ‘cara a tapa’ e gastar a sola do sapato. Outros pontos são referentes ao limite para registro de pessoas que vão trabalhar na campanha e aumento na fiscalização para o cumprimento da legislação, por exemplo”, ressaltou.
Além disso, avalia que a diretoria do próprio partido terá de atuar como um orientador. “Se houve descumprimento será prejudicial para o grupo. É preciso que todos façam o correto”, reforçou.
Zanovello mostrou-se favorável as alterações e até clama por maiores restrições. “Visto que equilibrará as chances entre os candidatos. Alterações vieram para acrescentar, pois a nossa coligação buscará o voto consciente”, finalizou. Ambos também ressaltaram que mantem estreitas relações com a Executiva Estadual, que lhes deu carta branca para decidir o caminho no pleito. Fábio Santos e Adelino Ribeiro (deputado estadual) são os presidentes do PRB e PSL no Paraná, respectivamente.
Por fim, Paiola relembrou que, no dia 15 de julho, acontecerá solenidade de posse do PRB Mulher, que passa a ser comandado por Ivani Prado, além do e PRB Jovem, sob as ações de Tizil. Local e horário ainda serão definidos.
Fonte:CorreiodoCidadão


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com