Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

sexta-feira, 11 de março de 2016



Em um cenário de crise econômica; escândalos de corrupção, investigados por meio da operação Lava Jato; e a impopularidade do governo Federal, o assunto referente ao processo de Impeachment da presidente Dilma Rouseff voltou a ‘boca do povo’. No próximo domingo (13), os que apresentam essa indignação terão a oportunidade de externa-los, em ato programado para acontecer em centenas de cidades do Brasil.
Caso da maior cidade do terceiro planalto paranaense. Por aqui, o Vem Pra Rua Guarapuava é o grupo que organizará a manifestação. “Somos formados por pessoas sem vinculação política partidária e atuante nas mais diversas áreas, como estudantes, empresários, profissionais liberais e funcionários públicos, por exemplo. Além disso, contamos com o apoio de várias entidades”, destacou Ricardo Beckmann, membro do Vem pra Rua.
A passeata terá início às 15 horas e saíra em frente à Praça Cleve, com destino ao Parque do Lago, local de encerramento. A expectativa de público da organização é de que mais de mil pessoas estejam presentes.
De acordo com Ricardo, além da pauta de protestos nacional (basicamente o pedido de Impeachment, apoio a operação Lava Jato; a Polícia Federal; Ministério Público Federal e ao Juiz Sérgio Moro), os presentes demonstrar outras indignações. “Por tratar-se de um movimento democrático, cada pessoa é livre para expressar e protestar da forma que quiser e contra tudo aquilo que achar importante”, disse.
10592619_917861578235334_2074805219796431456_n
CIDADES CONFIRMADAS
Segundo informações da plataforma online do movimento citado, o número de cidades confirmadas (até o fechamento da reportagem) no protesto é 385 – incluindo internacionais, como Nova York, Buenos Aires, Paris e Londres. No Paraná, a página apresenta que 33 cidades participarão do ato, como Apucarana, Maringá, Campo Mourão, Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Irati, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco e Ponta Grossa.
“A participação da população é de extrema importância. O povo precisa mostrar ao Brasil e aos nossos governantes, para os quais a população é vista apenas como um número, que não estamos satisfeitos com o atual cenário político e econômico. As manifestações populares são certamente a forma que o povo tem para pressionar o governo e os políticos como um todo, para que estes tomem posicionamento seguindo o clamor popular”, avaliou Ricardo.
Ainda de acordo com ele, o descontentamento do povo guarapuavano para com o governo federal é grande. “Estamos vendo isto na prática! Aos realizarmos as ações de divulgação do manifesto, temos notado que cerca de 90% das pessoas recebem com satisfação o convite para a manifestação, bem como expressam a sua insatisfação com o governo federal e a política nacional”, contou.
Por fim, Beckmann avalia que o principal fator, que resultou na abertura do processo de impeachment, foi à atitude do próprio governo. “Ou seja, os atos ilícitos cometidos pelo governo federal. Destaque para as irregularidades na Lei de Responsabilidade Fical, a má gestão e inúmeros escândalos de corrupção. Porém, o processo de impeachment só veio a ter de fato o seu processamento deferido, por que o Brasil, através das inúmeras manifestações já realizadas, demonstrou que esta é a vontade do povo. Com a manifestação do dia 13 de março, o povo irá ratificar o seu desejo pelo impedimento da presidente da república, sendo que o Congresso Nacional certamente estará atento ao clamor das ruas”, finalizou. Para outras informações, acesso a página do movimento pelo Facebook: Vem Pra Rua Guarapuava
01
EVENTO
No ano passado, o município foi palco de outras três ações parecidas. No mês de março, pouco mais de 70 cidades abraçaram a iniciativa do movimento Vem Pra Rua Brasil, que teve como foco o protesto contra a corrupção e a impunidade. A insatisfação fora diante dos escândalos e denúncias que atingem, principalmente, representantes dos poderes Legislativo e Executivo do governo Federal, bem como de aliados e outros envolvidos.
Por aqui, o cerne do protesto seguiu as linhas do nacional, contudo os presentes tiveram liberdade para externar qualquer insatisfação. A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Guarapuava), Acig, Maçonaria e Hospital São Vicente foram algumas das entidades que apoiaram a proposta. Além deles, a classe agricultora realizou um ‘tratoraço’ em protesto. Já no segundo evento, marcado para o dia 12 de abril a, o foco foi o ‘Fora Dilma’. O último ocorrera no dia 16 de agosto, com pauta parecida ao evento do próximo domingo.
“O Vem Pra Rua Guarapuava convida toda a população para se fazer presente, podendo trazer toda a família e amigos, tendo a certeza que a manifestação ocorrerá da melhor forma possível, onde poderemos demonstrar toda a nossa civilidade. Temos convicção de que a manifestação ocorrerá de forma ordeira e pacífica, da mesma forma como transcorreram as demais já realizadas na cidade. Teremos o acompanhamento da Polícia Militar fazendo a segurança de todos que estiverem presentes, evitando assim qualquer situação inesperada”, finalizou, lembrando que uma manifestação futura dependerá do calendário. “Seguimos a organização nacional. Caso eles confirmem outro ato, nós promoveremos”, finalizou.
15032015_173751_1

Fonte:JornalCorreiodocidadão


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com