Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016




É considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, doméstico ou domesticados, nativos ou exóticos


Abandono e maus tratos à animais é crime. A denúncia é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) e o Art. 164 do Código Penal. É considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, doméstico ou domesticados, nativos ou exóticos. Com pena de três meses a um ano de detenção e multa.
E sabemos como muitas pessoas doam muito mais do que seu tempo para ajudar esses animais, elas doam amor, carinho, tudo para fazer do mundo e da vida desses bichinhos um lugar melhor, menos triste e mais humano. Mas, infelizmente, sabemos também que ainda existem muitas pessoas que não fazem nenhuma questão em melhorar o lugar onde vivem, que pensam apenas em si mesmas.
É o que aconteceu em Guarapuava, com o ex vereador Gilson Amaral. Ele, que possui um programa de TV, e assim, poderia ao invés de criticar quem está lutando pela causa do abandono, buscar ajuda e apoio para os mesmos, resolveu proferir em seu programa palavras rudes e grosseiras a essas pessoas e a quem apóia a causa. Questionado sobre o aumento no número de cães nas ruas, disse que esses animais devem ter fim, demonstrando ser um leigo no assunto e não saber a metade do trabalho de um voluntário.
Letícia Assunção, voluntária na Spag, ONG em prol dos animais, foi uma das atingidas com as palavras de Gilson e demonstra sua indignação. “Todos os dias corremos para salvar cães atropelados, com doenças, mau tratados. Nós atendemos denuncias, cães morrendo de fome, que apanham, ficam na chuva, os alimentamos, e buscamos encontrar um lugar melhor. Muitas vezes temos que pedir apoio policial. Damos nossa cara à tapa, sem receber nada em troca, somente por amor a esta causa. E ver pessoas assim, como Gilson, é algo realmente desanimador e revoltante”.
Fonte: Superinformado



















Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com