Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

segunda-feira, 23 de novembro de 2015


Segundo a Defesa Civil do Paraná, são 550 residências prejudicadas.
Chuva de granizo no domingo (22) atingiu milhares de moradores.



O último relatório da Defesa Civil do Paraná, atualizado às 12h desta segunda-feira (23), apontou 550 residências danificadas pela chuva de granizo de domingo (22) em Laranjeiras do Sul, na região central do Paraná. No entanto, um levantamento feito pela Defesa Civil do município nesta manhã contabilizou ao menos 900 residências prejudicadas.

Ao menos oito escolas - quatro estaduais e quatro municipais - suspenderam as aulas devido aos prejuízos. Além dos estragos em imóveis, o granizo também prejudicou veículos e plantações na região.
Já a Defesa Civil do Paraná diz que, até o momento, 2,6 mil pessoas foram atingidas e 100 delas continuam desabrigadas. Conforme os dois órgãos, houve dez feridos.
Carambeí
Em Carambeí, nos Campos Gerais do Paraná, dezenas de lavouras de milho também foram destruídas pela chuva de granizo, que durou cerca de cinco minutos no domingo. As folhas foram picadas e os pés quebraram com o vento e o gelo. Lavouras inteiras foram perdidas.
Segundo a Defesa Civil do Paraná, 60 casas foram danificadas e 300 pessoas, afetadas em Carambeí. Segundo o Corpo de Bombeiros Comunitário, a maioria dos estragos ocorreu na zona rural do município.
Chuva de granizo destruiu plantação em Carambeí (Foto: Vanessa Rumor/RPC)Chuva de granizo destruiu plantação em Carambeí
(Foto: Vanessa Rumor/RPC)
O agricultor Joel Gonçalves pegou a chuva de granizo na estrada, com o carro comprado há seis meses. "Com a primeira pedra, eu me assustei, depois tampou a estrada, o carro deslizava. Pensei 'Meu Deus, o que será que vai acontecer?'", relata. O teto do veículo ficou todo amassado.
Em Carambeí, as localidades mais atingidas foram São João e Santa Cruz. O agricultor Marcel Boer e a família tinham saído e, quando chegaram à noite, ficaram apavorados com o estado da propriedade. As pedras perfuraram até o forro de plástico da casa.
"Foi assustador, né? Porque não tinha mais garagem, a estrutura do telhado estava em cima do carro. O telhado a gente nem sabe aonde foi parar. A casa estava toda cheia de furos, molhada, com tudo estragando já", relata.
Em uma escola da cidade, as telhas ficaram completamente destruídas. Ao todo, são atendidos 240 alunos das redes municipal e estadual. As goteiras se espalharam e as aulas precisaram ser suspensas. Ainda não há uma previsão para o retorno das atividades.
Curitiba também registrou prejuízos devido à chuva de granizo no domingo. Segundo a Defesa Civil do Paraná, 88 pessoas foram atingidas na capital; não há registro de casas danificadas, nem de pessoas feridas.


Fonte:G1


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com