Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

quinta-feira, 19 de novembro de 2015


A instalação da Base definitiva Centro-Oeste do Graer (Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo) deu novo passo em seu processo de consolidação. Isso porque, no início da semana, o prefeito Cesar Filho recebeu representantes da corporação e afirmou que o montante destinado para a construção será incluído no Orçamento de 2016. As informações são do comandante do Graer/Base Centro-Oeste, major Arlisson Sanches, que participou do encontro junto ao comandante do Graer, tenente-coronel Adonis Nobor.
Segundo Sanches, a fase de Projetos e Orçamento está finalizada, bem como os serviços de terraplanagem. É prevista para janeiro a abertura do processo de licitação para a construção do barracão. Já obras do novo Hangar, que se localizará no Aeroporto Municipal Tancredo Thomaz de Faria, deverão ser entregues entre março e abril de 2016.
“Tivemos um encontro muito positivo. Importante que diante de toda essa crise financeiro e encarecimento da máquina, o governo do Estado e prefeitura continuam firmes para consolidação da base definitiva, que é a nossa grande luta, atualmente”, destacou Sanches.
A partir do início da construção a previsão é de que, entre 40 e 60 dias, ocorra à inauguração, visto que se trata de uma estrutura toda pré-moldada. “A prefeitura tem enviado esforços para fomentar a aviação, com a modernização do aeroporto sob os critérios nacionais; a capitação de empresas de linha aérea para atender as demandas da região e a implantação da sede do Graer. Reforço que faremos trabalhos preventivos de segurança pública, as operações de resgate, atendimento aeromédico, transporte de órgãos”, explicou Sanches.
10372544_274861356051405_5490294588799994633_n-620x350
VALORES
Um dos benefícios com a mudança foi o barateamento da obra, que, inicialmente, estava orçada em até R$ 150 mil. Nesta nova estimativa, o teto previsto é de R$ 100 mil. “Como o Aeroporto apresenta pista de aterriszagem, não precisaremos investir em um heliporto. Apenas realizar algumas adequações”, reforçou Sanches, lembrando que os recursos para a obra serão oriundos da secretaria Municipal de Indústria, Comercio e Turismo.
O espaço abrigará um barracão, com área administrativa, refeitório e almoxarifado, bem como poderá comportar um helicóptero e avião.


Fonte:CorreioDoCidadão



Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com