Visite Paranaense Humor e Noticias

BI CAMPEÃO

BI CAMPEÃO
COPA PMPR
script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Colaborador

Colaborador
Vereador - Elias Rodovanski

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO

STUDIO SOUL - ÁUDIO E VIDEO
FONE: 3036-1881 OU 9967-7134

Publicidade

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY

MARINA BOESE SUSHI DELIVERY
30354986

segunda-feira, 30 de novembro de 2015


Por Cliqueesporte
Fotos: Márcio Nei
O Poker/Óleo Leve/Guarapuava Futsal ficou perto de seu terceiro título do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, após a vitória de virada, na noite deste sábado (28), sobre o Gazin/Umuarama/Penalty, por 3×2. Com o triunfo, os guarapuavanos ficam com a taça com vitória ou empate no segundo jogo da final, no próximo sábado (5 de dezembro). Já para o time de Umuarama, que jogará em seus domínios, só a vitória interessa para empatar a disputa e provocar uma terceira partida na decisão.
O jogoO duelo no ginásio Joaquim Prestes, em Guarapuava, começou com as duas equipes se estudando, sem se arriscar muito no ataque. A primeira chance de gol veio em um chute de Diego Fávero, do Guarapuava, em cobrança de falta. A equipe da casa continuou apostando nos chutes de longa distância, mas sem levar muito perigo ao goleiro Bruno Lambão, do Umuarama.
Aos seis minutos, Marcão fez grande defesa, em chance de Caio que ficou cara a cara com o goleiro de Guarapuava, depois de uma falha defensiva. Um minuto depois, em novo vacilo da defesa, Marcão voltou a fazer “milagre”, mas a bola sobrou para Madson que completou para a meta, abrindo o placar do Joaquinzão para os visitantes.
O time de Guarapuava sentiu o golpe e, por muito pouco, o artilheiro da Chave Ouro, Pedro, não ampliou. O pivô tirou Marcão da jogada, mas completou na rede pelo lado de fora. Logo depois, foi a vez de Sol Sales ter boa chance, após tabela com Rodrigo. No entanto, apesar de estar em um momento difícil na partida, os anfitriões conseguiram o empate em cobrança de bola parada: a arbitragem deu toque de mão da defensiva umuaramense e, na cobrança, Mauricinho bateu firme, empatando a partida em 1×1.
Após o empate o jogo ganhou em emoção e as duas equipes tiveram chances para marcar, fazendo os dois goleiros trabalhar bastante. Neste ritmo de “toma lá, da cá”, a melhor chance foi do Guarapuava.: faltando seis minutos para o fim do primeiro tempo, Diego Fávero acertou a trave, quase virando o placar.
Na segunda etapa, os guarapuavanos voltaram determinados a virar o jogo. Com pouco mais de um minuto, Márcio ficou livre de marcação, mas chutou para fora. Logo depois, Bynho fez grande jogada pela direita e tocou para Adeírton virar a partida para 2×1.
Os visitantes sentiram o gol e, por muito pouco, Régis não marcou. Lambão fez boa defesa. O time de Guarapuava seguiu com “apetite” no ataque e Felipinho lançou o artilheiro do time, Bruno Petry, que deslocou o goleiro, aumentando a vantagem para 3×1 e fazendo a festa da torcida no Joaquinzão.
O jogo seguiu quente: Felipinho e Bruno Petry tiveram boas chances, enquanto Hiago assustou Marcão, pelo lado do Umuarama. Logo depois, Bruno Lambão fez excelente defesa em chute de Felipinho, que apareceu livre de marcação dentro da área.
Para tentar mudar o panorama do jogo, o técnico Maneca, do Umuarama, colocou Sol Sales como goleiro-linha. Os visitantes passaram a pressionar mais, mas as chances de gol continuavam sendo guarapuavanas, principalmente nos chutes para o gol vazio. No entanto, todos os chutes acabaram indo para fora.
No minuto final, Rodrigo entrou como goleiro-llinha do Umuarama. A pressão se intensificou e, faltando 15 segundo para o fim, Marcão cometeu pênalti em Pedro. O artilheiro foi para a cobrança e acertou a trave. Mas na sobra de bola, Madson mandou para as redes, encerrando o placar em 3×2. O gol, no entanto, não diminuiu a festa da torcida de Guarapuava que assistiu um grande jogo no Joaquinzão.
Partida de volta
As equipes voltam a se encontrar no próximo sábado, dia 5 de dezembro, no ginásio Amário Vieira da Costa, em Umuarama. Os guarapuavanos jogam pelo empate para ficar com o título. Já o Umuarama terá que vencer para provocar o terceiro jogo. Se isso acontecer, o jogo de desempate será novamente em Umuarama e a vantagem do empate será invertida, em favor dos anfitriões. Assim como no primeiro jogo em Guarapuava, a segunda partida e a terceira (se houver) será(ão) disputada(s) com torcida única (apenas torcida mandante).


Notícias de Guarapuava e Região. Contato: Email: guarapuavanonoticias@gmail.com guarapuavanonoticias@gmail.com